Gastos em TI

Em TI é importante diferenciar custos ,despesas e investimentos, categorias inseridas no conceito de gastos. Gastos são todos os sacrifícios para aquisição de um bem ou serviço, com pagamento no ato (desembolso) ou no futuro (dívida).

Custos

  • Custos são medidas monetárias dos sacrifícios financeiros com os quais uma organização têm de arcar a fim de atingir seus objetivos, sendo considerados esses ditos objetivos, a utilização de um produto ou serviço qualquer, utilizados na obtenção de outros bens ou serviços. Um exemplo de custo é a compra de matérias primas para a produção de um bem. Custos podem ser fixos ou variáveis.

Despesas

  • As despesas são gastos reconhecidos no ato da venda. É um dispêndio no processo de aquisição de receita. As despesas são gastos que não se identificam com o processo de transformação ou produção dos bens e produtos. Elas são classificadas em fixas e variáveis, sendo as fixas aquelas cujo valor a ser pago não depende do volume, ou do valor das vendas, enquanto que as variáveis são aquelas cujo valor a ser pago está diretamente relacionado ao valor vendido.

Investimentos

  • Investimentos são gastos que gerarão suporte estrutural, tecnológico e operacional em função da utilização futura dos bens ou serviços adquiridos Investimento é a aplicação de algum tipo de recurso com a expectativa de receber algum retorno futuro superior ao aplicado compensando, inclusive, a perda de uso desse recurso durante o período de aplicação. O termo aplica-se tanto à compra de máquinas, equipamentos e imóveis para a instalação de unidades produtivas como à compra de títulos financeiros.Significa a aplicação de capital em meios que levam ao crescimento da capacidade produtiva, ou seja, em bens de capital.